•  
  •  

Manutenção Preventiva

Seja qual for seu equipamento, a manutenção preventiva deve ser executada visando sempre foco no desempenho e melhor relação custo-benefício, principalmente, por garantir que a operação e funcionamentos não sejam interrompidos.
A manutenção preventiva tem como objetivo principal a prevenção da ocorrência de uma falha ou parada do equipamento por quebra, bem como apoiar os serviços de manutenção corretiva com a utilização de uma metodologia de trabalho periódico, ou ainda responsável pelo conjunto de análises que pode interromper ou não um processo produtivo de uma maneira planejada e programada.
A princípio, podemos interpretar a manutenção preventiva como desnecessária e cara, levando em conta que em nosso entendimento haverá trocas de itens ou conjuntos que visualmente consideramos estar em boas condições de uso. Ao longo de anos de estudos de materiais, fica comprovado que cada conjunto ou peça tem uma vida útil que deve ser medida em horas de trabalho ou quilômetros percorridos. Deve entendê-la como uma alternativa para diminuir a quantidade de equipamentos que precisam ser substituídos em campo e também aumentar a vida útil de sua frota assim como reduzir os custos com correções emergenciais e garantir o pleno funcionamento, sem perdas em manutenções emergenciais.
Destacamos como principais benefícios da manutenção preventiva:
  • Valorização do bem;
  • Comprovado custo benefício;
  • Redução de custos;
  • Redução do envelhecimento e degeneração do equipamento (depreciação mínima);
  • Manter perfeito estado técnico operacional do equipamento;
  • Atuar antes das intervenções corretivas que geram altos custos e paradas não programadas;
  • Redução de riscos com quebras nos equipamentos;
  • Realização de reparos programados e com melhores condições para não parada da operação;
  • Programar os trabalhos de conservação.
Em dias atuais, falando em sustentabilidade, a manutenção preventiva ocupa lugar de destaque em empresas de todos os portes que se preocupam e se adequam as normas de menor emissão de gases poluentes, garantindo que equipamentos funcionem em excelente estado, sem falhas, quebras indesejadas e também por uma melhor eficiência energética.
image-255836-fundo_topo.jpg